Escova alisadora

Escova alisadora: o que você precisa saber antes de comprar uma

Seja para eventos especiais ou no dia a dia, toda mulher gosta de estar com os cabelos bem cuidados e cheios de estilo. Atualmente, o que não faltam são opções para alcançar a forma desejada: escova progressiva, chapinhas, babyliss, secador e, uma das últimas novidades, a escova alisadora

Cada um desses produtos tem funções específicas e entregam resultados diferentes. O mais importante, claro, é aliar a beleza e a saúde dos cabelos, deixando-os com boa aparência, mas também saudáveis. E, afinal, para que serve a escova alisadora? Quais são as principais vantagens desse eletroportátil? No que ela se diferencia das outras opções? Essas são algumas dúvidas comuns que o Diário de Casa vai te ajudar a entender melhor aqui nesse post.

O que é a escova alisadora

A escova alisadora é um produto que tem função similar à chapinha: alisar os fios dos cabelos. A grande diferença é que, por ter o formato de uma escova, como o próprio nome diz, o manuseio e a utilização são muito mais práticos. Ela possui cerdas que alisam o cabelo, sem prensar como faz a chapinha, ao mesmo tempo que desembaraçam as madeixas, deixando a mulher com um penteado muito mais solto.

Outras duas vantagens da escova alisadora são a segurança, já que o para usar basta segurar pelo cabo e escovar os cabelos, evitando queimaduras que muitas vezes acontecem com as pranchas, e praticidade para levar para qualquer lugar, já que elas possuem o mesmo tamanho das escovas comuns, cabendo em bolsas, malas e mochilas sem ocupar tanto espaço.

Tipos de cabelo

Na hora de comprar uma escova alisadora é importante pensar no tipo de cabelo que você tem. Se os seus fios já são muito lisos, talvez não seja o melhor investimento para você. Agora, se você possui cabelos mais ondulados, encaracolados ou crespos, certamente é uma ótima opção para te ajudar a mudar o visual. Mas algumas dicas são importantes.

Para quem tem cabelos ondulados ou cacheados, mas pouco volumosos, a utilização do aparelho é mais simples, não precisando recorrer a uma temperatura tão alta e podendo alisar mechas maiores em uma única vez. Agora, para os cabelos bem cacheados ou crespos, e que sejam muito volumosos, o ideal é pegar mechas menores e ir alisando aos poucos, utilizando temperaturas mais altas.

Como falado anteriormente, o manuseio da escova alisadora é muito simples, conferindo praticidade e comodidade na hora da utilização. Ela também é mais leve, e como não precisa de um secador para auxiliar, os braços vão estar sempre descansados. Em cabelos com menor volume, mesmo que sejam compridos, o processo pode durar somente 20 minutos, trazendo muito mais agilidade para o dia a dia que as outras opções.

Modelos de escova alisadora

Hoje existem inúmeras opções disponíveis no mercado, todas com o mesmo objetivo principal, mas também com características diferentes. Algumas oferecem, além da função de alisar, a possibilidade de secar os cabelos durante o processo. As faixas de preço variam bastante, assim como o formato, que pode ser redondo, quadrado ou cilíndrico, mas todos garantindo a mesma facilidade de uso.

A maioria tem regulagem de temperatura até 230 graus, eliminam o frizz dos cabelos – aquele efeito de arrepiado nos fios – e possuem a base de cerâmica com as pontas das cerdas em borracha, garantindo maior proteção para os cabelos e mais qualidade para o alisamento. O importante é pesquisar bem e escolher a opção que mais se enquadra ao seu tipo de cabelo e ao que você pretende com o aparelho.

Dicas importantes

Embora as escovas já venham preparadas para danificar minimamente os cabelos, o calor do aparelho acaba afetando-os de alguma forma. Assim, como também acontece com a chapinha, use um protetor térmico para proteger os fios.

Divida o seu cabelo em mechas, mesmo que você tenha fios menos volumosos e um pouco mais lisos. Não use o aparelho como uma escova comum, porque além de não ter o resultado esperado, pode danificar os cabelos.

Se a sua escova alisadora não tiver especificamente a função de secagem, evite utilizá-la com as madeixas molhadas. Caso contrário, ao invés de cuidar dos seus cabelos, você estará prejudicando-os.

Assim como o secador e a chapinha, tente não utilizar a escova alisadora com muita frequência. Usar com moderação é o melhor caminho para manter os cabelos sempre saudáveis e bem cuidados.

Cuidado com a temperatura escolhida na hora de utilizar. Como elas têm uma boa variedade, procure escovar os cabelos com a medida correta. Para quem tem cabelos mais finos ou menos volumosos, não é necessário usar na temperatura máxima, por exemplo. Comece nas mais baixas para entender qual é a ideal para você.

Embora a escova alisadora também ajude a desembaraçar os fios, é importante que isso seja feito minimamente antes da utilização do aparelho. Assim, não será necessário expor os fios a alta temperatura por tanto tempo, nem passar muitas vezes a escova em uma mesma mecha, evitando outros danos aos cabelos.

Agora que você conhece um pouco mais desse produto, vai ficar mais fácil escolher a escova alisadora ideal para o seu dia a dia, deixando os cabelos mais lisos e naturais, para fazer o penteado que você desejar.

Mas se você prefere a chapinha, tem um post aqui no Diário de Casa que vai te ajudar a escolher o melhor modelo de acordo com suas preferências.

Shoptime

Dicas do Shoptime para o seu dia a dia. Tudo para deixar a sua vida mais fácil, confortável e prática. Conheça ainda mais os produtos que você pode ter na sua casa, aprenda novas receitas, confira as novidades tecnológicas e dicas sobre casa, cozinha e beleza. O Diário de Casa conta tudo pra você.

Você pode gostar

protetores solares espalhados em um fundo azul

O que é mito e o que é verdade? Faça esse quiz de cuidados com a pele no verão e descubra!

ideias de presentes de natal embrulhados e espalhados pelo chão

Ideias de presentes de Natal de todos os preços pra você acertar em cheio esse ano

brinquedos no chão do quarto sugestões de presente de dia das crianças

Ideias de presente de Dia das Crianças pra você se inspirar

Cantinho zen em casa

Crie o seu cantinho zen com essas 9 dicas imperdíveis